Posted by : Johnny Ribeiro 28 fevereiro, 2014


Baseado no texto a seguir, segue síntese, não sendo um texto final, porém servindo de base para outros que virão.



Para ser direto e evitar assuntos repetitivos analisarei o texto de maneira simples e objetiva, citando alguns pontos e dando minha opinião a respeito dos assuntos mencionados.

A resposta sobre qual seria a Função Social da Escola já se mostra na página 07, a qual segue reprodução abaixo.

"A escola é uma instituição social com objetivo explícito: o desenvolvimento das potencialidades físicas, cognitivas e afetivas dos alunos, por meio da aprendizagem dos conteúdos (conhecimentos, habilidades, procedimentos, atitudes, e valores) que, aliás, deve acontecer de maneira contextualizada desenvolvendo nos discentes a capacidade de tornarem-se cidadãos participativos na sociedade em que vivem."

Iniciando-se a síntese, temos logo na introdução a seguinte citação:

“A sociedade tem avançado em vários aspectos, e mais do que nunca é imprescindível que a escola acompanhe essas evoluções, que ela esteja conectada a essas transformações, falando a mesma língua, favorecendo o acesso ao conhecimento que é o assunto crucial a ser tratado neste trabalho.”

A partir deste trecho, conseguimos visualizar o contexto principal do profissional que uma escola necessita, afinal, conforme mencionado e é de conhecimento geral, que a sociedade que nós vivemos avançou de uma forma muito brusca, principalmente nos últimos 10 anos, mais precisamente após a era F.H.C.
Antes investimentos na educação pública eram pífios e apesar de ter sido feito uma melhora no ensino, só se deu um grande passo na área da educação quando o governo decidiu governar para o povo, resultando em um maior investimento na área, aumentando a oferta de vagas nas escolas públicas de ensino fundamental, médio, superior e também nas escolas técnicas.
E é nesse contexto que o professor entra, afinal, estamos fazendo parte de uma evolução e consequentemente temos que evoluir junto, ou não seremos bem sucedidos na profissão que escolhemos para nossa vida.

Prosseguindo, ainda na introdução:

“... Qual é na verdade a função social da escola? A escola está realmente cumprindo ou procurando cumprir sua função, como agente de intervenção na sociedade? ”
Com base nas leis, podemos facilitar a compreensão do trecho acima citado:
Constituição Federal 1988 - Artigo 205
“A educação, direito de todos e dever do Estado e da família, será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho”.

Isso é o que deve ser feito, mas não é a realidade. Alguns alunos são matriculados nas instituições de ensino pelo seu responsável, e ali se encerra o vínculo familiar com a escola, permanecendo apenas o aluno dentro deste ciclo.
A comunidade familiar deve compreender que deve participar ativamente do processo de escolar, não deixando que se pense que apenas a escola e o educador são responsáveis pelo processo de formação de um cidadão ativo.¹
Portanto, concluo este trecho com a seguinte afirmação:

É dever da escola/educador trazer a comunidade para a instituição, ressaltando a importância da participação familiar na formação do aluno. Muitas pessoas não sabem o que se passa dentro da escola, da sala de aula, com seus próprios filhos. E muito menos imaginam que para se formar um cidadão pensativo capaz de questionar o mundo em que vivemos e colaborar com a evolução do nosso meio, não é possível apenas com a participação da escola. Sabemos que o tempo que a instituição dispõe para o aluno não é o suficiente, e creio ser dever da comunidade incentivar grupos de estudo e pesquisa fora da escola com a finalidade de complementar e facilitar o ato do ensino.

Indo um pouco mais além, chegamos à:

Ação do Gestor Escolar:

"Um bom clima de trabalho, em que a direção contribua para conseguir o empenho de todos, em que os professores aceitem aprender com a experiência dos colegas."

Um diploma não torna uma pessoa melhor que outra, mas a humildade em estar sempre aprendendo com as pessoas que estão ao seu redor, certamente lhe tornarão uma pessoa melhor no que faz.
E quando um profissional que não tem a capacidade de se integrar com os demais, trocando ideias e informações que é o essencial para o aprendizado, o que esse formador tem para oferecer a sua classe? Se o que buscamos é uma socialização da turma de forma organizada, também temos que fazer o mesmo em nosso meio.
Quanto a ação do gestor em si, o que se espera é que ele torne o ambiente agradável a todos, tomando as atitudes cabíveis ao seu cargo, oferecendo o que tem de melhor para que os professores,alunos e demais envolvidos possam fazer da escola um local agradável e que cumpra com seu dever para com a sociedade.

Conclusão:


Antes de apresentar conclusões precipitadas, devo ressaltar que o estudo do fator "escola" é feito de forma cautelosa. Quando analisamos o nível das instituições no nosso país vemos que cada estado/cidade se destaca em algo, seja positivo ou negativo, portanto não seria certo concluir com alguma resposta pronta.
Todos estados do Brasil tem que obedecer as regras impostas pelo governo federal, porém é de conhecimento de todos que as leis em sua maioria não são respeitadas. Cabe a nós, futuros professores nos juntarmos aos que já estão nessa caminhada e participar do processo de transformação da cultura escolar, lutando para que os direitos e deveres de cada parte seja cumprido.
_________________________________________________________________________________

¹ - Ressaltando que não podemos generalizar o assunto. Não existe escola "padrão", portanto quando se questiona se a instituição está cumprindo seu dever, deve-se analisar casos singulares.

Popular Post

Peste. Tecnologia do Blogger.

- Copyright © Coelhos Tridimensionais de Júpiter -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -